Curso

Outras aproximações ao Jesus histórico

O curso visa destacar outras interpretações do Jesus histórico diferentes das propostas nos dois primeiros cursos. Tentaremos apresentar o mais assepticamente possível os pontos de vista desses autores, geralmente confessionais, e será discutida a sua aproximação a Jesus, que sofre na maioria dos casos de um excesso de teologia e de falta de um verdadeiro estudo histórico.

As propostas desses autores tentam fazer uma ponte entre os avanços da pesquisa histórica independente e a manutenção das ideias tradicionais da teologia. O curso pretende que os participantes não fiquem apenas com um ponto de vista, a do professor que ministra esta série de cursos, já que para muitos ele é cético e racionalista. Com mais elementos de comparação, cada um dos participantes poderá formar sua própria ideia do Jesus histórico.

Continue assistindo

Conteúdo já disponível na plataforma Moriah College

Os três projetos vitais de Jesus: A. Jesus acompanhando João Batista; B. A vida pública de Jesus; C. Sua alegada última semana e sua mudança radical de pensamento. Parece acertar em suas primeiras partes, mas a terceira, baseada na crença ao pé da letra na estrutura cronológica dos últimos dias da vida de Jesus e em seu pensamento, é muito discutível.

A importância do livro é o estudo da influência sobre Jesus de sua origem geográfica, a Galiléia, e suas leituras da Bíblia. E a questão central é se houve entre Jesus e Paulo apenas uma evolução de pensamento ou uma fratura.

Este livro esteve prestes a custar a excomunhão de seu autor. Ele foi advertido pelos bispos espanhóis. No entanto, sua abordagem a Jesus é mais teológica do que o próprio autor supõe. Em alguns aspectos, seu desenho de Jesus segue o caminho do famoso livro de Ernest Renan

El autor es metodista y el punto clave de su presentación es que al Jesús histórico solo se puede uno acercar a través de la memoria. O autor é metodista e o ponto chave de sua apresentação é que o Jesus histórico só pode ser abordado por meio da memória. Por essa razão, ele define que o viés dos evangelistas preservou o essencial, que a tradição sobre Jesus foi formalmente controlada e que devemos desconfiar do papel dos primeiros profetas cristãos no que diz respeito à criação dos ditos e ações de Jesus.

Este Jesus é como a representação oficial do que se pensa sobre o Jesus histórico na Universidade Católica Espanhola de Deusto. Deve-se discutir a sua afirmação de que o Jesus histórico só é totalmente compreendido unindo fé e pesquisa histórica, e sua pintura de Jesus, a de um judeu praticante, mas que não extrai as consequências necessárias para a origem da teologia cristã.

É a pintura de Jesus da ala progressista da teologia católica alemã que aceita, mas discute profundamente, a herança de Rudolf Bultmann, que com suas ideias sobre a pesquisa do Novo Testamento afirmava ser impossível construir uma vida de Jesus. Lohfink a nega.

A imagem de Jesus desse filósofo, escritor e ensaísta parte da ideia de que a divinização de Jesus foi baseada em sua ressurreição. Isso não pode ser estritamente provado, mas a história do Cristianismo exige isso. Jesus também foi um modelo a ser seguido. O cristão que tiver sucesso também participará da ressurreição de Jesus. Mas não pode ser comprovado.

É a grande obra de pesquisa sobre o Jesus histórico, conduzida com notável imparcialidade e disciplina férrea na estrita aplicação dos critérios de historicidade dos ditos e atos de Jesus de Nazaré. Mas outros investigadores questionam sua imparcialidade.

Sobre o Professor

Prof. Dr. Antonio Piñero

Professor emérito de Filologia Grega da Universidade Complutense de Madrid. Licenciado em “Filosofia Pura” (Universidade Complutense de Madrid), em “Filologia Clássica” (Universidade de Salamanca) e em “Filologia Bíblica Trilíngue (Universidade Pontifícia de Salamanca). Doutorado em Filologia Clássica em 1974 pela Universidade Complutense de Madrid.

  • Prêmio Extraordinário de Fin de Carrera (“Filologia Clássica”). Prêmio “Luis Vives” à melhor tese de doutorado de 1974.
  • Prêmio “Finis Terrae”.
  • Prêmio Trithemius 2016.

Publicou cerca de 50 livros, tanto sobre a publicação de antigos textos judaicos e cristãos, sobre pesquisa e alta divulgação, e uma centena de artigos em revistas especializadas, espanholas e estrangeiras.

Ele é um comentarista assíduo sobre tópicos religiosos nas mídias sociais, onde se encontram mais de uma centena dos seus vídeos e cerca de 300 entrevistas de rádio sobre o Novo Testamento e o Judaísmo do século I.

O QUE OS ALUNOS DIZEM

Nós fizemos a diferença na história dos nossos alunos

Certificação

Quer ser o primeiro a receber novidades, atualizações, artigos e materiais exclusivos?

Conteúdos relacionados

Jesus Histórico
Curso

ESCOLHA O MELHOR PLANO PARA VOCÊ

Conteúdo
Individual

R$ 397
Em até 6x

Assinatura Anual Gold

R$ 997 / ANO
Em até 12x

Assinatura Anual Platinum

R$ 1497 / ANO
Em até 12x

GARANTA SEU ACESSO

Insira seus dados abaixo para realizar sua inscrição

GARANTA SEU ACESSO

Insira seus dados abaixo para realizar sua inscrição

GARANTA SEU ACESSO

Insira seus dados abaixo para realizar sua inscrição