Dra. Marcela Zapata Meza

Arqueóloga, Universidade Anáhuac do México

Bacharela em Arqueologia pela Escola Nacional de Antropologia e História.
Mestra e Doutora em Filosofia pela Universidade Anáhuac do México.

Sobre a professora

Especializou-se em pluralismo religioso na Universidade de Santa Bárbara, na Califórnia, em egiptologia pela Fundação Sophia da Espanha e em Arqueologia Bíblica pela Universidade Hebraica do México e pela Universidade de Oxford. Membro da Sociedade Mexicana de Egiptologia desde 2008 (trabalhou no templo-túmulo correspondente ao período da XVIII dinastia e dedicado ao descanso de Pui-Em-Ra, segundo sacerdote do deus Amon durante o governo da rainha Hat -Shep -Sut). Membro das Escolas Americanas de Pesquisa Oriental desde 2017, membro 009 da Associação Mexicana de Arqueologia e História Militar desde 2020 e da Associação Valenciana de Egiptologia desde 2021.

Atualmente é professora e pesquisadora da Universidade Anáhuac do México e Diretora do Centro de Pesquisa em Culturas Antigas e do Projeto Arqueológico Magdala, com o qual se tornou a primeira arqueóloga mexicana a dirigir um projeto de arqueologia no exterior.

Seu foco na arqueologia é ser capaz de compreender o cotidiano e as relações entre os diversos grupos sociais e étnicos por meio das diversas atividades desenvolvidas pelo homem.

Orientada para o estudo do pluralismo religioso, publicou o livro: “Las religiones del mundo: historia, filosofía y credo”, sua principal pesquisa nesta área gira em torno da racionalidade da Fé e das religiões ao longo da história para uma melhor compreensão do fenômeno religioso hoje. Possui mais de 200 publicações, incluindo artigos , capítulos de livros e artigos em revistas indexadas de arqueologia e religiões. Tem participado em diversos congressos nacionais e internacionais.

A organização “Women Add Value” endossada por iChangeNations e afiliada à iniciativa inter-religiosa para a construção da paz da ONU, reconheceu a professora Marcela pela sua liderança feminina e desenvolvimento científico em Israel através do Projeto Arqueológico Magdala em 2016.

Em dezembro de 2017, a Embaixada de Israel no México e o Grupo de Amizade México-Israel da Câmara dos Deputados lhe concederam um prêmio “pela sua contribuição para o fortalecimento das relações culturais e da colaboração entre Israel e México. Graças à sua dedicação ao Projeto Arqueológico Magdala”.

Desde 2017, é coordenadora de cultura no capítulo de Israel da Rede Global de Talentos Mexicanos Qualificados no Exterior da Secretaria de Relações Exteriores, cuja missão é ajudar mexicanos altamente qualificados a residirem no exterior e a se vincularem a empresas ou setores que geram alto valor agregado, para que possam contribuir para uma melhor inserção do México na economia global, em particular, na chamada economia do conhecimento.

Reconhecida pelo jornal El Universal como uma das 102 Mulheres Líderes de 2018.

 

Cursos desta Professora

Estudos Bíblicos
Curso